Arquivo da tag: gramado e canela

O Que Fazer em Gramado e Canela – Os Principais Pontos Turísticos


Olá, viajante!!! Tudo bem aí com você? 🙂

Se você acompanha minhas postagens sobre Gramado e Canela já sabe que essas duas cidades são vizinhas e que ambas são imperdíveis, certo!? Por isso, considero obrigatório visitar os pontos turísticos das duas cidades – a menos que seu tempo no destino seja realmente muito curto. Separei os pontos turísticos por cidade, para facilitar a leitura. Vem comigo viajar um pouquinho por esse destino que é meu xodó!

PONTOS TURÍSTICOS DE GRAMADO

LAGO NEGRO – Aberto diariamente durante 24h e com entrada gratuita. Oferece passeio de pedalinhos (pago), bar, restaurante e loja de conveniências. Recebeu esse nome por conta das árvores plantadas à sua volta, trazidas da região da Floresta Negra, na Alemanha. A beleza é indiscutível. A água escura reflete a natureza exuberante e diversificada que o rodeia. De dezembro a fevereiro, as hortênsias tomam conta da paisagem, literalmente. Há uma pista que rodeia o lago inteiro, na qual você pode passear (a pé, de bike ou com carrinhos disponíveis no próprio local – pago) e tirar fotos, respirando muito ar puro na sombra da densa vegetação. Há também pontos para sentar e apreciar a paisagem. Não é raro ver grupinhos fazendo piqueniques ou em uma roda de violão ou sanfona. Encantador! Particularmente, considero um ponto turístico imperdível. Para mais informações, acesse o site da atração aqui.

MINI MUNDO – O parque surgiu de um sonho de uma família alemã que veio morar no Brasil em 1952 e que decidiu montar uma pequena área de lazer para seus netos brincarem mais. A ideia e o gosto pelos brinquedos foram crescendo, e originaram o tão conhecido parque temático de hoje. A família fundou também o famosíssimo Hotel Ritta Hoppner, o qual dispõe aos hospedes entrada franca e ilimitada ao parque. Você caminhará por réplicas de construções em miniatura em um lindo jardim ao ar livre, com ou sem auxílio de guia – você é quem decide. Castelos da antiga Europa, construções da Alemanha e Suíça, Igreja de São Francisco de Assis, de Ouro Preto-MG, Estação Ferroviária de São João Del Rey – MG e o famoso Museu do Ipiranga de São Paulo fazem parte das miniatúras. O parque está sempre inovando, e disponibiliza também loja de souvenirs, lanches e personagens infantis para fotos e animação da criançada. Obs.: dias com chuva forte podem comprometer o passeio.

Para mais informações, acesse o site da atração aqui.

IGREJA MATRIZ SÃO PEDRO, RUA COBERTA E PRAÇA MAJOR NICOLETI (CENTRO) – A Rua Coberta é a principal atração de Gramado – uma longa rua com restaurantes, bares, cafés e lojas, abrigada por um lindo e charmoso coberto. Fica junto à praça Nicoleti, a qual garante o merecido descanso aos turistas, em um ambiente naturalmente elegante, com bancos e muita sombra. Do outro lado da rua – a Av. Borges de Medeiros -, está a Igreja São Pedro, uma construção de pedra basalto, com vitrais criados por um artista alemão para contar a história de momentos importantes na vida do apóstolo. Aprecie a arquitetura e o clima de oração e fé, e ande à beira da fonte do jardim, na parte externa, para ver a representação esculpida dos 12 apóstolos. Bem do ladinho da igreja, confira o romantismo da fonte do amor eterno – à noite ela tem um charme particular – e reviva momentos do cinema no palácio dos festivais. Sugestão: consulte previamente horários de abertura e missas da igreja. Para mais informações, acesse aqui.

PARQUE DE NEVE SNOWLAND – Muitas pessoas procuram Gramado na expectativa de ver neve. O fenômeno não é raro na região, mas, infelizmente, está longe de ser comum. Mas calma!!! De qualquer forma, dá pra ver neve simmm o/ Gramado é dona da única montanha de neve do Brasil! (informação de 07/03/2018). Ela fica no parque de neve Snowland. São mais de 16 mil m² de muita diversão: pista de patinação, Simulador e cinema 7D, Ice games, Ice kids, praça de alimentação, mini galeria com opções gastronômicas e lojas, pub temático e espaço família, com fraldário e ambiente para amamentação, equipado com microondas e chaleira elétrica. A montanha de neve fica em um ambiente climatizado (temperaturas entre -5°C e -3 °C). Para acessá-lo, você deve vestir um traje apropriado, disponibilizado pelo parque. Depois, é só entrar e brincar na neve – tem atrações para adultos e crianças. Para quem quer algo mais profissional, tem aulas de Esqui e/ou Snowboard. Para os bem animados, ou para quem vai com crianças, sugiro reservar um dia inteiro para a atração. O maridão e eu, acomodados como somos, não passamos mais que 2 horas por lá. Saiba mais aqui.

ATRAÇÕES DREAMS – são 5 parques/museus, mas que não ficam no mesmo local. Museu do Automóvel – Hollywood Dream Cars: são carros raros e motos das mais famosas marcas das décadas de 50 e 60; Museu de Cera Dreamland: bonecos de cera de personalidades mundiais são destaques em dezessete cenários diferentes; Harley Motor Show: são mais de 20 motos Harley Davidson incrivelmente restauradas, abrangendo quase um século de modelos da marca; Salão Super Carros: é possível admirar de perto e inclusive dirigir dezenas das marcas mais desejadas do mundo. Tem também games e simuladores, loja e bar temático; Parque Vale dos Dinossauros (esse fica em Canela): ideal para as crianças, é uma área que relembra o Jurassic Park, cercada da mata nativa com dezenas de réplicas perfeitas dos dinossauros, com animação eletrônica de movimentos. Dica: se gostar de todas as atrações, adquira o ingresso combo, pois o preço de cada atração sairá mais em conta. Saiba mais sobre as atrações aqui.

PONTOS TURÍSTICOS DE CANELA

CATEDRAL DE PEDRA – A Catedral Nossa Senhora de Lourdes, mais conhecida como Catedral de Pedra, é um templo católico, localizado no centro de Canela. Em 2010, foi eleita uma das sete maravilhas do Brasil, pelo portal de noticias Terra. Ela fica ainda mais encantadora à noite, quando é iluminada, dando um show de luzes coloridas. Nos arredores, você encontra aconchegantes opções gastronômicas. Dica: visite-a no final do dia, para apreciar as diferentes belezas que o dia e a noite lhes proporcionam. Para mais informações, acesse o site da atração aqui.

MUNDO A VAPOR – A famosa fachada da atração, com uma locomotiva atravessando a parede, é uma remontagem do trágico acidente ferroviário que ocorreu em 1895 na capital da França – Paris. O Mundo a Vapor surgiu na década de 50, pela família Urbani, quando o filho mais velho do casal, que trabalhava com o pai na oficina mecânica, montou suas primeiras miniaturas com as sobras dos materiais. A partir daí, a família construiu réplicas perfeitas de locomotivas que chegam a pesar mais de 10 toneladas. O mais encantador são as réplicas de olaria, pedreira, usinas e fábricas de papel e erva mate, que estão em pleno funcionamento. Você assiste e aprende sobre os processos de funcionamento e produção e ainda se diverte! E ainda tem trenzinho para as crianças e um ambiente temático para você tirar fotos “antigas”. Particularmente, amei demais essa atração! Saiba mais aqui.

PARQUE DO CARACOL – O parque fica a sete km do centro e conta com passeio em trilhas, cachoeiras e trem. O ponto forte é a Cascata do Caracol, maior simbolo natural da cidade e um cartão postal. Para os mais aventureiros – e com bom preparo físico – , é possível descer até a cachoeira por uma escada de 700 degraus (haja fôlego!). Para os mais acomodados, assim como eu, dá para admirar essa maravilha a partir do observatório (vista de 360°) ou do mirante. Há também outra opção incrível: os bondinhos aéreos – 12 bondinhos com cabine fechada, com tecnologia suíça, percorrem 840 metros para você apreciar a cascata e a natureza. Nesse passeio, há também uma atração para as crianças: a estação animal – esculturas reproduzem a aparência e também o som dos animais, permitindo ao visitante interagir com cada peça. Para mais informações, acesse: parque e bondinhos.

É isso, viajante! Se eu fosse falar de todos os pontos turísticos, você iria desistir da leitura gigantesca. Por isso, estão aqui apenas os principais. Logo farei outra matéria com pontos turísticos menos visados – mas não menos incríveis. E se você quer saber O que fazer em Gramado e Canela além dos pontos turísticos, acesse este post aqui.

Obrigada pela sua companhia nessa viagem 🙂 Até mais!!!

#MalaDeGarupa #AprecieSeuDestino


Gramado e Canela Além dos Tradicionais Pontos Turísticos


Mini mundo, cascata do caracol, lago negro, mundo a vapor, catedral de pedra… É claro que todos os tradicionais pontos turísticos de Gramado e Canela são imperdíveis! Mas eu, uma apaixonada assumida pela serra gaúcha, insisto que devemos também viver experiências especiais nesse destino romântico e acolhedor. Para isso, a sugestão é ficar pelo menos 3 dias inteiros por lá, ou ir mais de uma vez. O maridão e eu já fomos 3 vezes – e ainda não cansamos de ir.

CAMINHAR PELO CENTRO DE GRAMADO, SEM COMPROMISSO

Arquitetura, ruas charmosas, lojas, restaurantes, bistrôs, fábrica de chocolate, banquinhos, igreja, rua torta, praças, rua coberta… Tudo pela região central é atrativo. Por isso, simplesmente ande pelo centro, entre e sente onde bem entender. Dedique pelo menos metade de um dia e uma noite para isso. A cidade é extremamente segura e calma, e o centro é pequeno. Você pode andar à noite tendo consigo uma única preocupação: não querer mais ir embora desse lugar!

UMA EXPERIÊNCIA ESPECIAL NO LAGO NEGRO

A sugestão aqui é curtir o lago negro além dos tradicionais pedalinhos. Leve com você uma cesta de piquenique ou um simples vinho. Um cimarrão, também, quem sabe!? O final da tarde é especial para viver essa experiência. Busque por uma sombra que lhe agrade e aproveite muito cada minuto! No inverno passado, nós sentamos bem na beira do lago, com um tinto, e ficamos apreciando a paisagem e o pessoal divertindo-se em suas simples atividades de caminhada, fotografias e passeios de pedalinho.

UMA EXPERIÊNCIA ESPECIAL NO CENTRO DE GRAMADO

Aqui, a sugestão é bastante semelhante com a do lago negro, que descrevi acima. A diferença é que a noite é o momento perfeito para essa experiência mais central. Leve um vinho ou um chimarrão, ou compre um chocolate quente por lá mesmo, procure um banco e fique apreciando a arquitetura, as pessoas bonitas, o charmoso movimento da cidade e, não raro, um músico que se apresenta na calçada. Essa experiência torna-se especial no natal, com as luzes iluminando todos os cantinhos da cidade.

VISITE O LE JARDIM PARQUE DE LAVANDA

Esse é um lindo parque que geralmente não faz parte dos roteiros dos turistas. Lugar encantador, de uma natureza e beleza incríveis. São diversas espécies de plantas espalhadas pelo jardim, que atraem pássaros e borboletas. Há também uma recepção muito aconchegante, na qual você pode tomar um café, deliciar-se com uma torta de maçã e comprar souvenirs. Na primavera e verão a paisagem está mais bonita, cheia de flores, inclusive as de lavanda – espécie que dá nome ao parque. Já o outono e inverno proporcionam um charme especial para curtir o sol nos jardins, um café quentinho ou a lareira da recepção. Dias chuvosos talvez não sejam adequados ao passeio. Ah! Não é permitido fazer piquenique ou beber no parque(exceto o bom e velho chimarrão). É uma pena, mas também é compreensível, já que existem muitas espécies exóticas e sensíveis, que poderiam ser amassadas ou arrancadas acidentalmente.

TOUR CLÁSSICO – Que tal passear por Gramado e Canela num carro antigo?

Em um carro Ford Modelo A do ano de 1929, também conhecido popularmente como Ford Bigode, você fará um tour panorâmico e exclusivo, nos principais pontos turísticos de Gramado e Canela. O motorista, vestido a caráter, vai guiando os turistas pelas ruas e contando as histórias dos pontos turísticos, entre eles: a Igreja Matriz São Pedro, a Rua Coberta, a Rua Torta, o Museu do Cinema, o Lago Negro, Catedral de Canela, entre outros atrativos. Uma das coisas mais legais do passeio é que o motorista irá fotografar os passageiros nas paradas. O incrível Tour Clássico é oferecido pela ROCK Turismo, com exclusividade. O passeio dura aproximadamente 1 hora e 30 minutos e inclui transporte, fotografias (enviadas de forma digital) e acompanhamento de motorista caracterizado. Outro serviço oferecido é a condução para jantares nos principais restaurantes de Gramado e Canela. Cada tipo de serviço terá um valor diferente.

COMPRAS NA LOJA AVE MARIA, EM CANELA

Trata-se de uma loja de presentes culturais e artigos decorativos e religiosos. Olhando de fora, a loja parece pequena. Mas, ao entrar, a riqueza de produtos diferenciados e detalhes impecáveis chamam a atenção. A loja vai aumentando e impressionando a cada passo. O atendimento é impecável, a dona é muito conhecedora de todas as peças. Até o cheiro da loja é bom, já que lá você também encontra artigos de perfumaria para ambientes. Até o banheiro da loja é uma fofura. Nós resistimos à tentação e saímos de lá apenas com um candelabro e uma correntinha (presente para a sogra). Mas, se fosse pela vontade e bom gosto, teria sido bem fácil ter que sair de lá carregando tudo em um carrinho de mão!

ACONCHEGO COM CHEIRO DE CANELA NO BISTRÔ DO HOTEL PETIT CASA DA MONTANHA

O hotel, por si só, já é um charme. Ele fica no centro, bem pertinho da rua coberta, que é o ponto de referência da região central mais movimentada de Gramado. Mas você não precisa necessariamente estar hospedado no hotel para apreciá-lo. O bistrô do hotel é aberto ao público. É um espaço aconchegante, com aroma de canela e maçã, e repleto de delícias! Tem Waffle Belga (servido entre 16h e 20h), com sorvete, calda de chocolate e várias opções de geleia. Também tem chás, cafés, drinks, cereja artesanal, sanduíches, sopas, tortas e o famoso Strudel de maçã. O Bistrô abre já no café da manhã as 7h:30 e só fecha as 22h. Imperdível e delicioso!

VISITE O CENTRO DE CANELA À NOITE

Visitar o centro de canela para avistar a imponente Catedral de Pedra já é passeio consagrado na serra. Agora, o segredo que vou compartilhar com você é para que faça essa visita no final da tarde. Assim, você poderá ter a vista da catedral durante o dia e poderá encantar-se com o show de luzes que ela recebe à noite, com uma diversidade de cores de tirar o fôlego. Depois de apreciar a beleza da catedral até “dizer chega”, você pode perambular pelas ruas do centro, escolhendo um bistrô, restaurante ou pizzaria para aproveitar as delícias típicas da serra. Até um simples chocolate quente em frente à catedral fica especial. Não é mesmo?

VIVA AS SUAS PRÓPRIAS EXPERIÊNCIAS

Apesar de todas as sugestões acima, não deixe de viver e inventar suas próprias experiências na serra gaúcha. Você verá que qualquer cantinho tem seu charme e romantismo, basta apenas a sua criatividade “entrar em ação”. Viva Gramado e Canela além das simples visitas aos tradicionais pontos turísticos!


Gramado e Canela – Como chegar?


Olá, viajante!!

Vai a Gramado & Canela, mas não sabe como? Então, vem comigo descobrir! 🙂

Para quem não está próximo destas cidades, ir de avião é a opção mais confortável e rápida. Também é a melhor opção quando o tempo disponível para a viagem é curto (em finais de semana e feriados, por exemplo), pois o ideal é permanecer no mínimo 2 dias inteiros por lá para poder aproveitar as principais atrações e conhecer a gastronomia local. Para quem está um pouco mais próximo e/ou dispõe de mais tempo, o carro é uma ótima opção, pois proporciona mais autonomia e mobilidade nas cidades, sem precisar alugar um carro. Para quem está próximo mas não tem carro ou não gosta de dirigir, o ônibus é uma ótima opção (e geralmente mais barata).

De avião

Os aeroportos mais próximos ficam em Porto Alegre – Aeroporto Internacional Salgado Filho, que fica a cerca de 105 km de Gramado (aproximadamente 2 horas de carro); e em Caxias do Sul – Aeroporto Regional Hugo Cantergiani, que fica a cerca de 70 km de Gramado (aproximadamente 1h20 de carro). Como Canela é vizinha de Gramado, as distâncias e o tempo de viagem são praticamente os mesmos. Apesar de o aeroporto de Caxias do Sul ficar mais próximo dos destinos, os voos para lá são mais restritos e quase sempre muito mais caros. Além disso, o aeroporto de Porto Alegre tem melhor estrutura.

Em ambas as cidades, para sair do aeroporto e ir a Gramado & Canela é possível contratar serviço de transfer ou alugar um carro (indico muito alugar um carro, já que o preço é semelhante à contratação de transfer e garante maior mobilidade no destino). Se você quiser um meio mais barato, basta utilizar o ônibus da empresa Citral. Em Porto Alegre, há uma linha (Executivo) que passa pela Rodoviária e, em seguida, pelo Aeroporto (tanto na ida quanto na volta). Mas atenção: é preciso comprar a passagem pelo site da Citral e retirar o voucher no aeroporto. Já em Caxias do Sul, é preciso ir até a rodoviária para pegar o ônibus. Para os dois casos, há várias opções de horários durante o dia, consulte no site da Citral. Fique atento aos horários de seu voo. No sentido Canela/Gramado até Porto Alegre/Caxias do Sul, sugiro que o horário do transfer seja de pelo menos 04 horas de antecedência ao check-in do seu voo. E lembre-se: como a região é de serra, com chuva ou neblina a viagem pode ser mais demorada.

Tempo de voo para Porto Alegre (voos diretos)

Curitiba: 1h15

Florianópolis: 1h

São Paulo: 1h30

Brasília: 2h30

Salvador: 6h

De ônibus

As Rodoviárias Municipais de Gramado e de Canela ficam em pontos centrais das cidades e recebem ônibus de Porto Alegre e Caxias do Sul em vários horários do dia (leia no tópico acima como é o transporte de ônibus de Porto Alegre até Gramado e Canela).

Também chegam ônibus de cidades como São Paulo, Curitiba e Santa Catarina.
Não se esqueça de que o fluxo de turistas é maior em períodos de alta temporada e vésperas de feriado, portanto não deixe para comprar sua passagem de última hora. Há pontos de taxi em frente à rodoviária, tanto em Canela como em Gramado.

De carro

A depender da sua região de origem, são várias as opções para chegar a Gramado & Canela de carro. Sugiro a utilização de GPS e de mapas para uma melhor localização. Saindo de Curitiba, são 730 km indo pela BR-101.

Partindo de Porto Alegre, as principais opções são:

– Via Gravataí e Taquara: Você passa pela BR-101, depois pela RS-020 até Taquara e segue pela RS-115 até Gramado.
– Via Novo Hamburgo, principal rota entre Porto Alegre e Gramado: saia da capital pela BR-290 e tome a BR-116, que segue até Novo Hamburgo. Em frente, você deve pegar a RS-239 e daí, para Gramado, pegue a RS-115. Essa opção é mais utilizada entre os turistas que chegam ao aeroporto e vão para Gramado.

Independente de onde esteja saindo, consulte sempre a existência de pedágios, que normalmente exigem dinheiro em espécie para o pagamento.

OBS.: Considerando que em Porto Alegre a quantidade de locadoras de carros é maior, escolha alugar um veículo já na capital. Você pode alugar um carro em Gramado e Canela apenas para passear por lá, mas as restrições serão maiores e a disponibilidade de carros, menor. Neste caso, é sempre melhor reservar com antecedência.

-> Para ir de Gramado à Canela é necessário percorrer 7 km pela Av. das Hortênsias, que une as duas cidades. A avenida é super bonita e iluminada, o que faz o deslocamento entre as cidades passar “em um piscar de olhos”.

Veja também: Gramado e Canela – Quando ir?