Arquivo da tag: estações de esqui

Neve na América do Sul – Quando e Onde Ir


Vamos responder aqui àquelas perguntas tão frequentes: Quando tem neve na América do Sul? Quais as melhores estações de esqui? Chile ou Argentina? Qual é o melhor mês pra ir? Onde é melhor com criança?

Vamos lá!

Quando é que tem neve na América do Sul?

Antes de tudo, saiba que todos os países da América do Sul estão dentro do mesmo ciclo de estações do ano, ou seja, quando é inverno no Brasil, também é inverno no Chile e na Argentina. Então, é claro que a época de neve vai de junho a agosto, que é o período de inverno por aqui (sendo o contrário do Hemisfério Norte). Porém, a má notícia é que não existe uma garantia de que você terá neve suficiente para brincar/esquiar durante todo o inverno, especialmente se você for bem no início ou no finalzinho da temporada. Cada local tem um período específico de neve mais garantida (sim, existe o risco, ainda que muito baixo, de você não encontrar neve nas estações de esqui, mesmo indo em julho). Não quer dizer que você não verá um pouco de neve nos picos das montanhas mais altas, mas a neve pode não ser suficiente para que você brinque com ela. Falaremos disso a seguir.

Nós, em Ushuaia

Chile ou Argentina? Qual é a melhor estação de esqui de todas?

Certamente você terá diferentes tipos de experiência em cada destino de neve, tanto na estação de esqui quanto na cidade. Por isso, a pergunta é: que estilo de viagem você deseja? Você quer só brincar na neve ou quer de fato aprender a esquiar? Neste último caso, se você não puder esquiar a sua viagem será frustrada? Prefere acordar com fácil acesso à estrutura da cidade ou prefere acordar tendo só a vista das montanhas? Qual é o seu orçamento? Tem criança na viagem? A diversão delas é o que mais importa?

Sei que são muitas perguntas, mas responde-las é a melhor forma de fazer uma viagem que seja incrível pra VOCÊ! Não importa o que a atriz famosa está falando da viagem dela, talvez seu perfil seja totalmente outro!

Neve em Santiago – As principais estações de esqui são Valle Nevado, Farellones, Portillo e Chillán.

Valle Nevado, Farellones e Portillo ficam perto de Santiago. Elas podem ser aproveitadas em uma hospedagem em resort de neve na montanha ou em passeios bate-volta a partir da cidade (que é a opção mais procurada pelos brasileiros). É importante dizer que, ao contrário do que quase todo mundo pensa, raramente neva em Santiago. A neve ocorre nas montanhas – onde estão as estações de esqui, claro. Isso torna Santiago uma ótima opção para quem quer ter contato com a neve apenas no dia em que for brincar nela, podendo andar tranquilamente pela cidade, sequinho, nos demais dias.

Valle Nevado: é, sem dúvida, a estação de esqui mais glamourosa de Santiago, pois fica em uma altitude de 3.000 m e a uma distância de 1 hora e meia da cidade (com um trecho de 60 curvas de pura emoção). O que quase ninguém sabe é que Valle Nevado é uma estação voltada aos praticantes de esportes e que não dispõe de atividades recreativas. Ela atende ao perfil de viajantes esquiadores ou aqueles que buscam vistas deslumbrantes e apenas tocar e caminhar sobre a neve – a criançada enfrentará um certo tédio depois de algumas horas. Para adultos que desejam ficar hospedados em uma estação que tenha um pouco mais de movimentação à noite ela é uma ótima opção.

Valle Nevado (Thanks pela foto, @modochile)

Farellones: para quem quer de fato brincar na neve (leia-se esquibunda, teleférico, tubing, boneco de neve, guerra de neve, anjinho na neve…), a estação mais indicada é Farellones, que fica logo abaixo do Valle Nevado. É um vilarejo muito lindinho, ótimo para crianças, e que ainda permite uma boa experiência aos românticos que buscam uma hospedagem de valor mais acessível na montanha. Nas agências de turismo é muito comum o passeio que visita as duas estações no mesmo dia, aliando o glamour e a diversão no mesmo passeio. Algumas pessoas preferem encarar a sinuosa estrada em dois dias diferentes, visitando o Valle em um dia e Farellones no outro. Neve mais garantida para estas estações: de meados de julho a início de setembro.

Farellones (Thanks pela foto, @modochile)

Portillo: fica a 2 horas e meia de Santiago e, de cara, já encanta pela vista extraordinária que se tem da Laguna del Inca. É uma estação realmente um pouco distante para bate-volta, mas ainda assim é muito procurada para este tipo de passeio. Ela é mais voltada para quem busca fazer um intensivão de esportes de neve e, ao contrário do Valle Nevado, você não precisa ser um profissional para utilizar as pistas. Outra diferença entre as duas estações é que Portillo é menos badalada (e, consequentemente, tem menos filas) e também não tem tanto glamour na estrutura do resort – mas isso não será um problema para quem tem a neve como foco da viagem. Lembrando que você também não encontrará atividades recreativas nesta estação. Neve mais garantida: de meados de julho a meados de setembro.

Portillo (Thanks pela foto, @modochile)

A grande vantagem de ir a Santiago para ver neve é que a cidade tem inúmeros atrativos e vários passeios incríveis nos arredores. Caso a neve não “dê as caras” a ponto de possibilitar a visita às estações de esqui, você ainda terá muitas opções para aproveitar sua viagem, sempre com uma vista incrível da cordilheira.

Chillán: ideal para quem quer descanso na montanha, pois o lugar fica longe de grandes centros urbanos e tem poucos hotéis, os quais são cercados por uma paisagem branquinha e possuem piscinas de águas termais, sendo algumas a céu aberto (quero!). Mas se durante o descanso você precisa de atrações para as crianças, fique tranquilo. Para elas existe também trenó com cachorros, motos de neve e paintball como atividades à parte. A estação de esqui Nevados de Chillan tem um cenário bastante bonito, com pistas em meio a vegetação nativa (sabe aqueles filmes em que alguém sempre bate na árvore descendo a montanha!? haha). Neve mais garantida: de meados de julho a meados de setembro.

Chillán – Hotel


Neve na Argentina – as principais estações são Bariloche, Villa La Angostura e Ushuaia.

Bariloche: a tão conhecida Bariloche é dona dos mais lindos cenários de neve da América do Sul, o que contribui muito para que a estação de esqui, chamada de Cerro Catedral, fique lotada na alta temporada de inverno (prevejo filas e pistas para iniciantes lotadas!). Então, se você não é um profissional mas, mesmo assim, esquiar é uma prioridade na sua viagem, é preciso repensar o destino. Existem vários outros centros de neve que oferecem muitas atividades recreativas além do esqui. Por isso, e pelo fato de as pessoas poderem se hospedar em um centro urbano charmoso, em vez de em um resort, Bariloche é tão buscada por famílias com crianças pequenas. Neve mais garantida: do fim de julho ao fim de agosto.

Bariloche – Cerro Catedral

Villa La Angostura: neve + charme. É o destino ideal para quem tem um motivo romântico para viajar, pois é um dos vilarejos de montanha mais encantadores da América do Sul. Dispõe de hospedagens aconchegantes com vistas para lagos e bosques nevados. A estação de esqui de Villa La Angostura é a Cerro Bayo, uma estação mais sossegada, com ótima estrutura para quem está iniciando nos esportes de neve e também para quem deseja outras atividades para diversão, como tubing e teleférico. Neve mais garantida: do fim de julho ao fim de agosto.

Villa La Angostura – Cerro Bayo

Ushuaia: é neve na certa! Ushuaia é a cidade mais austral (ao sul) do mundo e por isso é conhecida como “El Fin del Mundo”. Logo, as condições climáticas são as mais favoráveis para a neve na América do Sul e durante as férias de inverno é improbabilíssimo sair de Ushuaia frustrado por não haver neve o suficiente para aprender a esquiar. A estação de esqui é a Cerro Castor, que, dentre todas, é a que tem melhores condições de neve para esquiar. Isso tanto pela quantidade e qualidade da neve, quanto pela longa temporada (a maior de todas!). O melhor de tudo é que Ushuaia é uma cidade com atrações para toda a família, incluindo passeio de trenó, tour de barco e patinação no gelo. O probleminha (ou não) é que, ao contrário da maioria dos outros destinos, neva muuuito na cidade e não só na montanha. Outro detalhe é que o centro da cidade não é lá tãão charmoso quanto em outros destinos. Mas o visual das montanhas cercando o Canal Beagle é de tirar o fôlego. Eu amo!

Ushuaia

Quanto ao planejamento da viagem, é importante saber que existem lugares mais e lugares menos caros e que a compra antecipada é mega importante para que você gaste menos. Se você faz questão de esquiar ou brincar, procure comprar para o período com a maior garantia de neve. Se o dinheiro não é um problema pra você, o melhor é esperar para comprar a viagem o mais perto possível da temporada, assim você consegue consultar a previsão meteorológica e ter mais certeza de que os floquinhos estarão caindo quando você chegar. Escolha a melhor opção pra você e boa neve!