Arquivo da tag: errei meu nome na passagem aerea

E Se Eu Errar Meu Nome na Passagem Aérea?


O preenchimento incorreto dos dados pessoais na hora de comprar a passagem aérea não é algo raro, especialmente quando você encontra uma promoção e realiza a compra na empolgação e ansiedade. É preciso ter cuidado e calma na hora de comprar, pois este erro, que parece bem pequeno, pode gerar grandes dores de cabeça mais pra frente.

Como devo preencher meu nome?

Em voos nacionais, quem tem nome composto ou vários sobrenomes deve sempre informar o primeiro nome e o último sobrenome, além do agnome (Júnior, Filho etc., sem abreviação), se houver. Por exemplo: o nome José Maria da Silva Nunes Júnior deve constar na reserva e no bilhete como José Nunes Júnior ou ainda José Maria Nunes Júnior. Para voos internacionais, vale consultar as regras da companhia aérea, pois algumas estão habituadas a utilizar o sobrenome completo, conforme consta no passaporte, ou no RG, para passagens na América do Sul.

ATENÇÃO! Lembre-se de que o documento que você utiliza para embarcar deve ter o mesmo nome e sobrenome que você informou na hora da compra da passagem. Acredito que este seja o erro mais comum em relação a nomes, e que geralmente acaba impedindo o embarque: a pessoa casa ou se divorcia e muda o documento que utilizará para embarcar, porém não altera o nome já informado na compra da passagem aérea (e pra agravar ainda mais a situação, não está com o comprovante da modificação do nome em mãos na hora do embarque).

ATENÇÃO! Nunca use pseudônimos, abreviações, apelido ou nome artístico.

O que acontece se eu errar no preenchimento do nome?

Se você identificar que seu nome foi escrito de maneira errada, é preciso comunicar a companhia aérea até o momento do check-in (antes de fazê-lo!) para que a correção seja realizada sem custos. Só pode haver cobrança no caso de voo internacional que envolva mais de uma empresa, desde que o erro seja de responsabilidade sua.

Mas atenção! O que é corrigido sem custo são erros de grafia, como troca, adição ou subtração de letras. Algumas situações, como inversão de nome com sobrenome, ou troca nas ordens dos sobrenomes também costumam ser resolvidas sem problemas. Quem casou ou se divorciou e alterou o documento que utilizará para o embarque, basta apresentar a comprovação para ter o novo sobrenome adicionado ou retirado. Mas se você ainda não alterou seu documento após o casamento ou separação, não terá problemas. Já a mudança completa de um nome ou sobrenome por erro seu, ou um erro de grafia que crie um novo nome, pode caracterizar a troca de titularidade do passageiro, desobrigando a companhia aérea de fazer a alteração ou implicando cobrança de taxas.

Depois de aberto o check-in, a companhia aérea poderá cobrar para fazer a alteração, ou até recusar o embarque. Por isso, é importante conferir com cuidado o nome dos passageiros nas passagens assim que receber o bilhete.

Posso transferir minha passagem para outra pessoa?

Hoje as empresas não são mais impedidas de oferecer esse serviço podendo, inclusive, cobrar por ele. De acordo com a Anac (Agência Naciona de Aviação Civil), as regras precisam apenas constar no contrato de transporte. Porém, pouquíssimas empresas oferecem essa alternativa. Na maioria das vezes, se você não for utilizar a passagem, precisará consultar as regras da companhia aérea, para a tarifa que você comprou, para saber sobre multas, reembolso e outros procedimentos para o cancelamento ou remarcação.

No Brasil, até o momento, a Norwegian, companhia aérea de baixo custo (low cost), que opera voos entre Londres e Rio de Janeiro desde março desse ano, é uma das empresas que permite a troca do passageiro nos bilhetes. Porém, a empresa cobra para a alteração do titular se a passagem foi emitida nas tarifas mais baratas (Low Fare, Low Fare+ e Premium). Para quem pagou pelas tarifas mais caras (Flex e Premium Flex), a mudança de nome não tem custo.

E quanto aos outros dados da passagem aérea? E se eu errar?

É sempre legal consultar a companhia aérea antes, mas dados como o número do passaporte, identidade, ou a data de nascimento costumam ser alterados sem problemas. A maioria das companhias aéreas permite edição no próprio check-in, até porque o passaporte pode ter vencido, ou o documento utilizado na compra pode ter sido substituído.

Observações

Infelizmente, na prática, nem sempre as companhias aéreas lidam com essas questões com um foco resolutivo, e se aproveitam do fato de o cliente estar desinformado de seus direitos. As vezes você acaba dependendo de interpretações de atendentes e supervisores de operação, o que leva alguns casos a só serem resolvidos após uma reclamação formal nas plataformas e órgãos de proteção ao consumidor, ou na justiça. Exija seus direitos e não desista!

Cuide de todos os detalhes para evitar surpresas na hora do embarque e boa viagem!!!