Gramado e Canela – Quando ir?


Olá, pessoal!!

Antes de mais nada, preciso dizer que sou apaixonada por Gramado e Canela. Não é à toa que essas cidades estão entre os principais destinos da nossa agência de viagens e que são assunto do meu primeiro post, aqui no blog (Uhuull!). O maridão e eu já fomos pra lá três vezes, e já estamos programando uma passada por lá na próxima páscoa.

Mas, vamos lá! Quando ir?

Vou começar com aquele clichê do turismo, que você já deve estar cansado de ouvir: a cidade é linda o ano todo! Pois é, não tem como fugir desse clichê para Gramado e Canela. Já fomos no verão e no inverno e, de fato, ambas estações têm suas vantagens, belezas e peculiaridades. Sem falar que há eventos e programações culturais durante o ano todo. Portanto, sua decisão deve ser baseada naquilo que você mais gosta.

No inverno, especialmente em julho, devido às férias escolares, ao evento Estação Gramado, ao frio e à expectativa dos visitantes em ver neve, a cidade fica bastante cheia (e mais cara, obviamente). Essa é a época dos vinhos, dos pelegos de lã sobre as cadeiras, das lareiras acessas, das pessoas elegantes pelas ruas e da paisagem ocre por toda a cidade. A média da temperatura fica entre 5ºC e 10ºC. Mas, e a neve? Bom, esse é um fenômeno que não ocorre com muita frequência, e não há como prevê-la com muita antecedência. Então, infelizmente, sugiro não se empolgar tanto com isso! O outono é bastante semelhante, mas o movimento é menor e o frio não é tão rigoroso (inclusive pode fazer calor à tarde).

Em agosto acontece o Festival de Cinema de Gramado – o evento cinematográfico mais tradicional e importante da América Latina. Essa é a época ideal pra quem, além de curtir a cidade, quer investir na chance de topar com um ou outro famoso por lá. Também é a época ideal para os apreciadores do cinema, claro!

Na primavera e verão a paisagem fica mais verde e florida (não deixe de visitar os parques). Do final de novembro até janeiro, Gramado e Canela ficam tomadas pelas famosas hortênsias. São muitas, embelezando diversos lugares da cidade, especialmente parques, avenidas e rodovias. A temperatura média no verão é de 25ºC, mas ocorrem picos que podem chegar a 30ºC, ou mais. Porém, não é raro ter que apelar para um casaquinho à noite (eu tive que usar, quando estivemos lá em dezembro). Ah! A região de Gramado vem ganhando destaque no ramo de cerveja artesanal. Esta é a época propícia para apreciar a boa e velha bebida tão amada pelos brasileiros.

De outubro a meados de janeiro celebra-se o Natal Luz – o maior espetáculo natalino da América Latina. A cidade fica incrivelmente linda, unindo as belezas dos enfeites temáticos e das hortênsias. Inúmeros shows e eventos espalhados pela cidade criam sensações, emocionam o público e resgatam a simbologia do Natal.

Ah! O tradicional fondue serrano pode ser apreciado em qualquer época. Mas é claro que o friozinho, aliado a um bom vinho, resultam em uma combinação perfeita para apreciá-lo (confesso que agora “puxei o peixe para o meu assado”, já que sou louca pelo friozinho, hehe).

Certo, se você gosta de tudo isso e não consegue escolher, talvez o preço seja um fator decisivo. De maneira geral, o mês de julho e o período do Natal Luz (especialmente a semana de natal e ano novo) são as épocas mais caras. Os feriados também são sinônimos de maiores preços – inclusive a Páscoa, época em que fica especialmente delicioso comer o tradicional chocolate artesanal da região (e, mais uma vez, as cidades ganham eventos e decoração típicos).

Sempre faça seu planejamento e reservas com certa antecedência, assim você garante sua vaga no hotel desejado e aumenta as chances de conseguir melhores preços.

Se precisar de mais alguma informação ou quiser dar uma sugestão, deixa seu comentário aqui embaixo! Será um prazer ajudar! 😉

Um abraço!

Veja também: Gramado & Canela – Como chegar?